Principais desafios no desenvolvimento de produtos com mola

24/11/2015 by in category mola tagged as with 0 and 0
Home > Principais desafios no desenvolvimento de produtos com mola > mola > Principais desafios no desenvolvimento de produtos com mola

desafios com molas

Apesar de muita gente nem mesmo perceber sua presença, uma mola tem papel fundamental em muitos aparelhos que utilizamos em nossa vida diária. Ela é responsável por muitas funções dentro de eletrodomésticos, eletroeletrônicos, meios de locomoção, comunicação, e muito mais.
E você já parou para pensar que uma pequena mola pode se transformar um pesadelo para quem trabalha com desenvolvimento de produtos? Parece exagero, mas acontece! Imagine uma mola que serve para acionar o botão de ligar um computador. Se ela não estiver dentro das conformidades exigidas pelo aparelho, o botão pode ficar duro demais para ser acionado, ou a mola pode escapar. São muitas situações em que uma mola pode ocasionar problemas na montagem de um aparelho, e pensando nisso nós da Damol criamos este post com 12 tópicos que mostram os principais desafios de desenvolvedores com mola, e também dicas que podem salvar seu projeto quando ele exigir o uso de molas em sua montagem. Acompanhe!

1. Especificações técnicas: Durante a fase de desenvolvimento do projeto de um produto, verifique as especificações técnicas das molas a serem utilizadas, para garantir que elas se encaixem perfeitamente e consigam realizar seu trabalho sem se quebrarem ou perderem a elasticidade.

2. Padrões a serem levados em consideração: As molas devem seguir as especificações corretas, em termos de matéria prima, diâmetro do arame, dureza, resistência, comprimentos, etc.

3. Desenvolvimento de projeto: Sempre que possível, conte com seu fornecedor de molas para ele auxiliar no desenvolvimento do projeto, pois ele pode ter ideias que economizam tempo e dinheiro, e também outras saídas que dizem respeito à performance do produto.

4. Teste das molas: Aplique o procedimento de criar um produto-teste, ou seja, depois que o projeto estiver pronto, faça um protótipo que sirva para verificar se as molas vão funcionar bem.

5. Oxidação: Caso o aparelho trabalhe com líquidos (como máquinas de lavar roupa, motores, liquidificadores) verifique se a mola vai ter contato com os líquidos, e caso tenha, garanta que a mola seja apropriada para não oxidar.

6. Prazo de entrega: Assim como outros materiais, é preciso que a entrega das molas seja programada dentro de um prazo razoável, para não comprometer a entrega do produto final no mercado.

7. Preço: Cada componente de um produto, incluindo as molas, colabora para seu preço final, sendo assim existe a preocupação de que cada um deles tenha o menor valor possível, para que assim o consumidor final tenha mais facilidade de acesso à compra.

8. Qualidade: Apesar do preço ser importante, a qualidade das molas tem que ser levada em conta. Sendo assim, a melhor saída é pensar no custo-benefício que elas vão trazer para o produto final.

9. Garantias: Depois de tudo formalizado, a garantia do fornecedor de mola deve ser muito bem pesquisada, pois ela é a certeza que, caso o produto apresente defeito, você não ter que arcar com os custos.

10. Regionalismo: Dependendo das regiões onde seu produto será vendido, ele pode precisar de adaptações. Por exemplo: se uma geladeira for ser vendida em uma região litorânea, que sofre muito com a maresia, o ideal é utilizar molas produzidas com material inoxidável.

11. Pesquisa de fornecedores e produtos: A Internet hoje domina a preferência de muitas pessoas quando elas precisam fazer pesquisas. Mas cuidado! Sempre dê preferência a fontes confiáveis.

Receba artigos de interesse direto em seu e-mail. É só fazer seu cadastro no Blog da Damol

Aproveite para baixar nosso eBook com 101 dicas para otimizar seu departamento de compras. É só clicar na imagem abaixo:

Clique aqui apra baixar o eBook 101 dicas

Add comment

© 2015 . DAMOL . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS